quarta-feira, 11 de junho de 2008

Ela rouba e ele gosta


Hoje fui a uma cidade vizinha para uma consulta. Ao voltar um jovem de menos de 18 anos começou a chutar o onibus em que eu estava enquanto este fazia um balão. O motorista pediu pro rapaz parar, mas este preferiu se jogar na lataria. Foi tão forte que o barulho assustou o pessoal que pediu pro motorista parar porque este havia atropelado o menino.
O motorista disse que ia continuar seu caminho, mas o povo começou a xingar. Como eu estava olhando pela janela e vi tudo, pedi que as pessoas tivessem calma, porque não era atropelamento. O motorista gritava que o menino tinha se jogado e que em breve ele levantaria.
O interessante é que o balão foi feito sob os olhares apreensivos da população (claro, ja tinha juntado um montão de gente em cima do "cadaver"). Bom, o rapaz simplesmente se levantou e saiu cambaleando como se não tivesse acontecido nada. Sem camisa, sem identidade, sem noção do que estava a fazer, o menino saiu batendo e chutando outros carros.
Fiquei imaginando no que aconteceria se este infeliz tivesse morrido ou se machucado de verdade... A culpa seria do pobre do motorista? ai ai................... e o rapaz, doidão seria a vitima.....................

Nenhum comentário: