terça-feira, 17 de junho de 2008

encino de qualidade é com o PSDB


Caderno com dicas para professores traz "ensino" com "c"
Estado afirma considerar a falha "menor" porque os alunos não têm acesso ao livro; erro foi de digitação, diz governo
"Eles entregam material sem nenhuma revisão", afirma presidente da Apeoesp; professores foram alertados sobre erro, diz gestão Serra.
Tratado como a bússola para uma educação de qualidade para São Paulo, o caderno distribuído pelo governo José Serra (PSDB) para ensinar os professores a dar aula traz um erro de português que causa arrepios nos educadores. Ensino é escrito com "c" de cebola: "encino".O erro está na página 11 do "Caderno do Professor" do segundo bimestre, entregue no mês passado aos professores de inglês das 8ª séries do ensino fundamental. Está lá: "Estratégias de encino", sobre táticas para trabalhar o tema "inventores famosos e suas invenções"."Meu Deus!", foi a reação do presidente da Apeoesp (sindicato dos professores estaduais), Carlos Ramiro. "Eles entregam o material sem nenhuma revisão", diz ele, crítico contumaz do uso dos cadernos.A Secretaria de Estado da Educação informou que o "encino" foi um erro de digitação que escapou dos revisores.Diz considerar uma falha menor porque, no mesmo livro, a palavra "ensino" foi escrita várias vezes da forma correta, e os alunos não têm acesso ao material -só os docentes. "A secretaria identificou pelo menos mais 350 palavras "ensino" escritas da forma correta em todos os [76] guias. Somente neste livro ("Inglês -8ª Série'), a palavra "ensino" é escrita quatro vezes corretamente."A pasta disse que não recolherá o material, embora os professores tenham sido alertados sobre o erro. A pasta não disse quantos livros distribuiu.



PS... vocês lembram do jornal do aluno? erros não faltavam e não era só de digitação............. eita encininho bãoooooooooooooooooooo

Um comentário:

Áurea disse...

Olá Déa,
Que bom que você gosta do meu espaço! Seja sempre bem vinda!
Um abraço,
Áurea