domingo, 4 de janeiro de 2009

Carnaval é levado a sério em especialização no Rio


Quarta, 31 de dezembro de 2008

Mantido e renovado no dia-a-dia das escolas de samba, o Carnaval chegou à universidade com uma pós-graduação focada no estudo cultural e administrativo da principal festa popular do País.

Oportunidade para quem sonha em ganhar a vida trabalhando o ano todo em torno do quatro dias de folia, a especialização em Carnaval e Cultura nasceu de uma combinação que lembra um enredo na Marquês de Sapucaí: foi criado por uma universidade com nome de agremiação carnavalesca, a Estácio de Sá, em pleno Rio de Janeiro, berço do principal desfile do Brasil.

A coordenadora do curso, Luciene Setta, que já foi jurada nos desfiles no Rio e em São Paulo, explica que o objetivo é mergulhar no lado sério do Carnaval, desde o estudo acadêmico do imaginário cultural brasileiro até as atividades econômicas e profissionais que se formaram em torno da festa. "É pensar o Carnaval como uma indústria cultural. A cidade do samba (no Rio de Janeiro), onde cada escola tem o seu barracão é a nossa Hollywood", diz.

O curso não é voltado apenas para o Carnaval dos desfiles e das escolas de samba do Rio. Além de aprender o planejamento econômico e de conteúdo de um desfile, os alunos também têm disciplinas sobre elaboração de projetos, marketing de turismo e produção de eventos examinando as características da festa pelo Brasil. Com isso, o aluno formado na especialização pode trabalhar como carnavalesco, diretor de escola ou mesmo como um técnico em secretarias de turismo.

Para se matricular na pós-graduação basta ter formação superior em qualquer área. A especialização tem duração de 18 meses e as aulas são realizadas nos sábados pela manhã no Campus Centro I da Universidade Estácio de Sá, no Rio de Janeiro. As inscrições estão abertas e as aulas começam no dia 10 de janeiro. Mais informações no telefone 21 2206.9700 ou no site www.estacio.br/posgraduacao/.

Nenhum comentário: