sexta-feira, 27 de março de 2009

Adeus Maria Botox

MÔNICA BERGAMO Colunista da Folha

O ex-ministro Paulo Renato de Souza vai assumir no dia 15 de abril a secretaria de Educação de São Paulo. Deputado federal pelo PSDB de São Paulo, ele irá substituir Maria Helena Guimarães.

Na versão que o Palácio dos Bandeirantes vai divulgar ainda nesta sexta-feira, a secretária deixou o cargo a pedido. A divulgação será feita pelo governador José Serra (PSDB).

Na tarde de quinta-feira (26), Guimarães esteve, ao lado do governador, durante a inauguração

do espaço Catavento, no centro de São Paulo.

Neste mês, a secretaria foi duramente criticada por professores da rede estadual por causa de erros em 500 mil livros didáticos distribuídos pela pasta.

Um livro didático de geografia, usado por alunos da 6ª série do ensino fundamental nas escolas públicas, mostra o Paraguai duas vezes em um mapa da América do Sul e exclui o Equador. O problema aparece tanto nos livros destinados aos estudantes quanto nas publicações destinadas aos professores.

No dia 19, a secretaria informou que determinou à Fundação Vanzolini a troca das publicações com erros. De acordo com a secretaria, a instituição arcará com todos os custos da troca, incluindo a i

O governo de São Paulo anunciou nesta sexta-feira que a secretária estadual da Educação, Maria Helena Guimarães, irá assessorar o novo dirigente da pasta, Paulo Renato de Souza. Em nota, o Palácio dos Bandeirantes afirma que a decisão de deixar o cargo foi tomada por Guimarães e foi motivada por motivos "estritamente pessoais".

Deputado federal pelo PSDB de São Paulo, Paulo Renato, que foi ministro da educação durante o governo Fernando Henrique Cardoso, irá ocupar o cargo no dia 15 de abril. Ainda de acordo com o comunicado, a atual equipe da secretaria será mantida na nova gestão.

O governador José Serra elogiou a atuação de Guimarães. "Sua gestão, voltada à valorização do professor e à melhora do aprendizado na sala de aula, terá pleno seguimento com o novo secretário", afirmou.

Convém salietar que torcou 6 por meia duzia e que a politica (de sucateamento do ensino) continuará a mesma. O governador colocou o mentor da atual secretária como secretário e isso vai fazer uma diferença!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Hoje dei plantão no sindicato e acompanhei alguns casos sobre o bônus e ja tem professores com poucas faltas com valores baixos, sem valores e os critérios usados, masi uma vez são discrepantes pois pessoas com situação semelhante não foram comtempladas da mesma forma.

Mais a noitinha (e apos conhecer mais casos) volto a comentar, mas já adianto que se você se sentiu prejudicado, entre com recurso, reclame.

Nenhum comentário: