sexta-feira, 8 de maio de 2009

Saudadesssssssss

Povos e povas.............. agradeço as visitas................ minha maq queimou to esperando a nova, e assim q voltar a funcionar, atualizo tudo, inclusive sobre as novidades em relação a atribuição de aulas 2010..............beijos

7 comentários:

Anônimo disse...

A FORÇA VEM DE DEUS
Leitura: 2 Reis 19.1-7
“Hoje é dia de angústia, de repreensão e de humilhação; estamos como a mulher que está para dar à luz filhos, mas não tem forças para fazê-los nascer.” (v. 3)
Indignação não é privilégio de reis. Ninguém gosta de ser chamado de mentiroso e enganador, muito menos em público. Além da iminência de uma guerra, Ezequias foi ofendido escancaradamente na presença de todo o povo (2Rs 18.26-28). Desacreditado e com a honra ferida, ele e os seus ministros e conselheiros têm de admitir ainda outra verdade constrangedora: chegou o momento de agir, mas eles não têm forças para enfrentar a Assíria! A sensação de fracasso vem em forma de confissão: “Hoje é dia de angústia, de repreensão e de humilhação”. Não é fácil admitir nossa impotência quando nos cobram resultados!
Incrível como esse homem busca numa experiência exclusivamente feminina uma imagem tão apropriada para expressar sua agonia: “Estamos como a mulher que está para dar à luz filhos, mas não tem forças para fazê-los nascer”.
- “Eu vivi isso. O bebê era muito grande para uma mãe tão miúda e eu, que chegara à maternidade toda empolgada, entrei em pânico: “Meu filho não vai nascer! Não vou conseguir!” Mas a parteira retrucou com firmeza: “Vai, sim! Não tenha medo, eu vou lhe ajudar!” Nunca me esqueço da minha alegria quando o Marcos nasceu!
“Não tenha medo” – é exatamente isso que Ezequias precisava ouvir. A vitória viria, não de suas próprias forças, mas de outra fonte – esta, sim, confiável: “Digam a seu senhor que assim diz o SENHOR: Não tenha medo... EU o farei tomar a decisão de retornar...” Afinal, tanto ele como o rei da Assíria eram simples “senhores com letra minúscula”. E os dois precisavam reconhecer o verdadeiro e único Senhor. Para que a glória não fosse de reis e seus exércitos, mas de Deus.

Feliz dia das mães.

Smack!

Edimar Suely
jesusminharocha.blig.ig.com.br

Anônimo disse...

A FORÇA VEM DE DEUS
Leitura: 2 Reis 19.1-7
“Hoje é dia de angústia, de repreensão e de humilhação; estamos como a mulher que está para dar à luz filhos, mas não tem forças para fazê-los nascer.” (v. 3)
Indignação não é privilégio de reis. Ninguém gosta de ser chamado de mentiroso e enganador, muito menos em público. Além da iminência de uma guerra, Ezequias foi ofendido escancaradamente na presença de todo o povo (2Rs 18.26-28). Desacreditado e com a honra ferida, ele e os seus ministros e conselheiros têm de admitir ainda outra verdade constrangedora: chegou o momento de agir, mas eles não têm forças para enfrentar a Assíria! A sensação de fracasso vem em forma de confissão: “Hoje é dia de angústia, de repreensão e de humilhação”. Não é fácil admitir nossa impotência quando nos cobram resultados!
Incrível como esse homem busca numa experiência exclusivamente feminina uma imagem tão apropriada para expressar sua agonia: “Estamos como a mulher que está para dar à luz filhos, mas não tem forças para fazê-los nascer”.
- “Eu vivi isso. O bebê era muito grande para uma mãe tão miúda e eu, que chegara à maternidade toda empolgada, entrei em pânico: “Meu filho não vai nascer! Não vou conseguir!” Mas a parteira retrucou com firmeza: “Vai, sim! Não tenha medo, eu vou lhe ajudar!” Nunca me esqueço da minha alegria quando o Marcos nasceu!
“Não tenha medo” – é exatamente isso que Ezequias precisava ouvir. A vitória viria, não de suas próprias forças, mas de outra fonte – esta, sim, confiável: “Digam a seu senhor que assim diz o SENHOR: Não tenha medo... EU o farei tomar a decisão de retornar...” Afinal, tanto ele como o rei da Assíria eram simples “senhores com letra minúscula”. E os dois precisavam reconhecer o verdadeiro e único Senhor. Para que a glória não fosse de reis e seus exércitos, mas de Deus.

Feliz dia das mães.

Smack!

Edimar Suely
jesusminharocha.blig.ig.com.br

Anônimo disse...

A FORÇA VEM DE DEUS
Leitura: 2 Reis 19.1-7
“Hoje é dia de angústia, de repreensão e de humilhação; estamos como a mulher que está para dar à luz filhos, mas não tem forças para fazê-los nascer.” (v. 3)
Indignação não é privilégio de reis. Ninguém gosta de ser chamado de mentiroso e enganador, muito menos em público. Além da iminência de uma guerra, Ezequias foi ofendido escancaradamente na presença de todo o povo (2Rs 18.26-28). Desacreditado e com a honra ferida, ele e os seus ministros e conselheiros têm de admitir ainda outra verdade constrangedora: chegou o momento de agir, mas eles não têm forças para enfrentar a Assíria! A sensação de fracasso vem em forma de confissão: “Hoje é dia de angústia, de repreensão e de humilhação”. Não é fácil admitir nossa impotência quando nos cobram resultados!
Incrível como esse homem busca numa experiência exclusivamente feminina uma imagem tão apropriada para expressar sua agonia: “Estamos como a mulher que está para dar à luz filhos, mas não tem forças para fazê-los nascer”.
- “Eu vivi isso. O bebê era muito grande para uma mãe tão miúda e eu, que chegara à maternidade toda empolgada, entrei em pânico: “Meu filho não vai nascer! Não vou conseguir!” Mas a parteira retrucou com firmeza: “Vai, sim! Não tenha medo, eu vou lhe ajudar!” Nunca me esqueço da minha alegria quando o Marcos nasceu!
“Não tenha medo” – é exatamente isso que Ezequias precisava ouvir. A vitória viria, não de suas próprias forças, mas de outra fonte – esta, sim, confiável: “Digam a seu senhor que assim diz o SENHOR: Não tenha medo... EU o farei tomar a decisão de retornar...” Afinal, tanto ele como o rei da Assíria eram simples “senhores com letra minúscula”. E os dois precisavam reconhecer o verdadeiro e único Senhor. Para que a glória não fosse de reis e seus exércitos, mas de Deus.

Feliz dia das mães.

Smack!

Edimar Suely
jesusminharocha.blig.ig.com.br

Anônimo disse...

Deus é o amor verdadeiro, Deus é a razão,
a resposta, a essência natural da vida.Hoje venho pedir que ore por minha filha Neinha que fara uma cirugia amanhã ,Deus esteja contigo e comigo,beijos ,,Evanir.
www.fonte-amor.zip.net

Olímpia Bezerra disse...

Oi querida! Saudades!
Tem selinho de 10 mil acessos no meu blog pra você.
pegue-o lá!
Beijinhos

ECA disse...

OI DÉA, TUDO BEM? VC NÃO ME DEIXOU MAIS RECADOS, TÔ ME SENTINDO ORFÃ SEM SABER DAS NOTÍCIAS SOBRE A EDUCAÇÃO, VOLTE LOGO A SE COMUNICAR CONOSCO, UM BEIJÃO E SAUDADESSSS.....

Olímpia Bezerra disse...

Oi amiga!
Vim te oferecer selinho com brincadeirinha. Veja lá no meu cantinho!
Beijos!