domingo, 9 de agosto de 2009

Curso para formação de professores do MEC encerra inscrições neste domingo; mais de 90 mil já se inscreveram

Da Redação Em São Paulo Termina à meia-noite deste domingo (9) o prazo para a pré-inscrição de docentes nas licenciaturas e cursos oferecidos pelo MEC (Ministério da Educação) dentro do Sistema Nacional Público de Formação de Profissionais do Magistério.

  • Até 2015, teremos professores com formação adequada na sala de aula

    As pré-inscrições devem ser feitas na Plataforma Freire (clique aqui para acessá-la).

    Até as 9h54 deste domingo, havia 92.010 docentes pré-inscritos e 158.660 vagas solicitadas. Estão sendo oferecidas 57.828 vagas nessa primeira etapa. Cada professor pode optar por até três cursos.

    Desempate

    Segundo o secretário de Educação a Distância do MEC, Carlos Eduardo Bielschowsky, o envolvimento das secretarias para homologar a inscrição é essencial. "Será necessário um mutirão para as pré-inscrições [se transformarem em inscrições de fato]", disse. O prazo, segundo Bielschowsky, é curto uma vez que os cursos se iniciam entre agosto e setembro.

    Além disso, são os órgãos municipais e estaduais os responsáveis por definir que profissionais serão benecifiados nessa primeira etapa. "A questão não é quem, mas sim quando", frisa Bielschowsky lembrando que o objetivo do plano é atender toda a demanda de professores sem formação adequada.

    Depois que as secretarias encaminharem as inscrições, as universidades vão definir a forma de ingresso. "Estamos sugerindo que o critério seja por ordem de chegada ou por sorteio", conta o secretário. "Se o docente não conseguir agora, vai ser mais para a frente; ainda temos mais quatro entradas."

    Carga horária

    Segundo o MEC, o docente sem formação adequada poderá se graduar nos cursos de 1ª licenciatura, com carga horária de 2.800 horas mais 400 horas de estágio para professores sem graduação, de 2ª Licenciatura, com carga horária de 800 a 1.200 horas para professores que atuam fora da área de formação, e de formação pedagógica, para bacharéis sem licenciatura.

    Todas as licenciaturas das áreas de conhecimento da educação básica serão ministradas com cursos gratuitos para professores em exercício das escolas públicas, nas modalidades presencial e a distância (semi-presencial).

    Ao se pré-increverem num sistema criado pelo MEC, a Plataforma Freire, os professores incluem seus currículos nessa base de dados que pretende ser similar à Plataforma Lattes de pesquisa.

    O que é

    O programa, lançado em outubro de 2008, oferece 57.828 vagas nessa primeira etapa. A intenção do programa é suprir o déficit de professores com formação adequadas nas salas de aula. O próprio ministério estima que 600 mil docentes atuantes não tenham a formação adequada para a função.

    Nesta primeira etapa, o sistema vai atender em 17 Estados - dentre os 21 que aderiram ao programa de capacitação docente. Os cursos serão oferecidos por meio de 76 instituições públicas de educação superior, das quais 48 federais e 28 estaduais, com a colaboração de 14 universidades comunitárias.
  • 3 comentários:

    {♥Åññä Lµí§ä♥}_L€ØNARÐØ disse...

    Passando para deixar meu carinho e desejar uma bela semana para você!

    Beijoss fica com Deus!

    {♥Åññä Lµí§ä♥}_L€ØNARÐØ disse...

    Passando para deixar meu carinho e desejar uma bela semana para você!

    Beijoss fica com Deus!

    Coisas de Meninas disse...

    Oiiii...seu blog esta na equete de agosto para concorrer ao nosso selinho *seu Blog é Luxus*. A enuqte esta rolando em nosso site. Peça aos seus amigos pra votarem no seu blog fofix!! Boa sorte!!! MMM's