sexta-feira, 4 de setembro de 2009

Não ia conseguir dormir sem este comentário



vc repórter: "a água arrastou os carros", diz morador de SP

Morador do 14º andar de um edifício no bairro Pompeia, em São Paulo (SP), o publicitário Evê Andrade viu a rapidez com que a água se acumulou na rua dele, a Barão do Bananal. Em trinta minutos, segundo seus cálculos, o alagamento já passava de 1 m.

"Às 17h15, a água começou a subir. Foi muito rápido", conta. Dois carros que estavam estacionados no lado direito da rua foram levados pela água. Um deles ficou na perpendicular da rua e terminou na calçada oposta. O outro ficou coberto por água até o capô.

"Até o ônibus que estava passando por lá não conseguiu prosseguir", diz Andrade. O coletivo teve de parar sobre a via para esperar a água baixar. Às 19h, de acordo com o publicitário, a rua já não estava alagada, mas o trânsito era caótico na região. "Há um semáforo estragado no cruzamento da avenida Pompeia com a rua Venâncio Aires, o que deixa as coisas ainda mais caóticas", diz Andrade.


Bom, há alguns anos atrás, quando o Serra (serrador elétrico) assumiu a prefeitura de São Paulo (aquela que ele assinou documento que iria cumprir todo o mandato e 1 ano e meio depois saiu para candidatar-se a governador), ele (Serra) alegou que o problema das enchentes em São Paulo era culpa da Marta. Que ela não havia feito os investimentos necessários, blá, blá, blá...

Ocorre que há mais de 6 anos ela não mais governa a cidade. Pergunto: o que o "competente" Serra e o seu "vassalo" e reeleito Kassab, pretendem alegar a estas augruras que estão a ocorrer na cidade. É culpa de quem?

Nenhum comentário: