segunda-feira, 31 de agosto de 2009

Campanha salarial 2009 - professorado


clique na imagem para ter acesso.

IBGE divulga edital para 33.012 temporários; veja quadro de vagas


Da Redação Em São Paulo


O IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) divulgou nesta segunda (31) edital de seleção com 33.012 vagas temporárias, em mais de 5.500 municípios. São 6.722 para a função de agente censitário municipal, 23.900 para agente censitário supervisor e 1.432 para agente censitário de informática, 558 para agente censitário administrativo e 400 para agente censitário regional. Das vagas, 5% são para deficientes.

A Fundação Cesgranrio, organizadora da seleção, divulgou ao UOL Empregos o quadro de vagas por cidade, que ainda não foi publicado no site da fundação. Para ver, clique aqui.

Para participar, é preciso ter ensino médio completa (a comprovação da escolaridade deverá ser feita na contratação (que ocorrerá em janeiro e março de 2010). O censitário regional deve ter ainda carteira nacional de habilitação, definitiva ou provisória. Veja no item 1 do edital as funções de cada cargo.

O agente censitário regional terá salário de R$ 1.600, o censitário administrativo, de R$ 760, o censitário municipal, de R$ 1.150, o censitário supervisor, R$ 900, e o censitário de informática, R$ 900. Haverá ainda auxílio para alimentação e tranporte.

A previsão do trabalho é até: 12 meses para o agente censitário regional, dez meses para o municipal; dez meses para o de informática; nove meses para o supervisor e 12 meses para o administrativo.

As vagas para as funções agente Ccensitário municipal e agente censitáriosupervisor terão uma única inscrição. O candidato com melhor classificação no processo seletivo simplificado terá a vaga de agente municipal. Os demais ficarão com os postos de supervisor.

As inscrições poderão ser feitas da 0h de 21 de setembro às 23h50 de 6 de outubro, no site da Cesgranrio. Postos de inscrição -- a serem divulgados no site da Cesgranrio -- também aceitarão as inscrições. O valor da taxa é de R$ 22 para agente censitário municipal, supervisor e de informática; R$ 18 para agente administrativo e R$ 30 para agente regional.

As provas devem ser realizadas em 6 dezembro, com duração de quatro horas, das 13h às 17h (horário de Brasília). Os locais de prova serão divulgados no dia 23 de novembro. Os exames terão questões de múltipla escolha: veja as disciplinas e o número de questões de cada uma delas, por função, no anexo do edital.

A MÁGICA QUE SÓ OS HOMENS SABEM FAZER

(HENFIL)


Um abacateiro só dá abacates. Uma mangueira dá manga. Uma girafa dá girafinha. Uma nuvem dá chuva. E o homem?

Em princípio ele geraria sempre outros homens apenas. Mas há uma diferença entre o abacateiro, a mangueira, a girafa, a nuvem e o homem.

O homem é o único ser da natureza que tem condições de fazer algo mais: de caçar, dormir e uivar como os outros animais. Se quiser, o homem pode voar como os pássaros, pode nadar como as baleias e principalmente pode ser eterno. Tudo isso o homem consegue quando começa a trabalhar...

O trabalho é a mágica que faz os homens se transformarem em seres inteligentes, capazes de criar de um ovo uma omelete, de um tecido uma fantasia, de um barulho uma música. O importante é que ele goste mais (muito) do trabalho que ele escolheu para executar.

Apenas assim ele consegue criar a fruta mais gostosa: a FELICIDADE.

A campanha continua............ não votem nesses politicos que estão aí









O Analfebeto Político !!!

" O pior analfabeto
É o analfabeto político,
Ele não ouve, não fala,
Nem participa dos acontecimentos políticos.
Ele não sabe que o custo da vida,
O preço do feijão, do peixe, da farinha,
Do aluguel, do sapato e do remédio
Dependem das decisões políticas.
O analfabeto político
É tão burro que se orgulha
E estufa o peito dizendo
Que odeia a política.

Não sabe o imbecil que,
Da sua ignorância política
Nasce a prostituta, o menor abandonado,
E o pior de todos os bandidos,
Que é o político vigarista,
Pilantra, corrupto e lacaio
Das empresas nacionais e multinacionais."

( Bertolt Brecht )

Óitma semana

quarta-feira, 26 de agosto de 2009

BIBLIOTEVA DIGITAL - DOMINIO PÚBLICO


1. A Divina Comédia -Dante Alighieri
2.
A Comédia dos Erros -William Shakespeare
3.
Poemas de Fernando Pessoa - Fernando Pessoa
4.
Dom Casmurro -Machado de Assis
5.
Cancioneiro - Fernando Pessoa
6.
Romeu e Julieta -William Shakespeare
7.
A Cartomante -Machado de Assis
8.
Mensagem - Fernando Pessoa
9.
A Carteira -Machado de Assis
10.
A Megera Domada -William Shakespeare
11.
A Tragédia de Hamlet, Príncipe da Dinamarca -William Shakespeare
12.
Sonho de Uma Noite de Verão -William Shakespeare
13.
O Eu profundo e os outros Eus. - Fernando Pessoa
14.
Dom Casmurro -Machado de Assis
15.
Do Livro do Desassossego - Fernando Pessoa
16.
Poesias Inéditas - Fernando Pessoa
17.
Tudo Bem Quando Termina Bem -William Shakespeare
18.
A Carta -Pero Vaz de Caminha
19.
A Igreja do Diabo -Machado de Assis
20.
Macbeth -William Shakespeare
21.
Este mundo da injustiça globalizada -José Saramago
22.
A Tempestade -William Shakespeare
23.
O pastor amoroso - Fernando Pessoa
24.
A Cidade e as Serras - José Maria Eça de Queirós
25.
Livro do Desassossego - Fernando Pessoa
26.
A Carta de Pero Vaz de Caminha -Pero Vaz de Caminha
27.
O Guardador de Rebanhos - Fernando Pessoa
28.
O Mercador de Veneza -William Shakespeare
29.
A Esfinge sem Segredo -Oscar Wilde
30.
Trabalhos de Amor Perdidos -William Shakespeare
31.
Memórias Póstumas de Brás Cubas -Machado de Assis
32.
A Mão e a Luva -Machado de Assis
33.
Arte Poética -Aristóteles
34.
Conto de Inverno -William Shakespeare
35.
Otelo, O Mouro de Veneza -William Shakespeare
36.
Antônio e Cleópatra -William Shakespeare
37.
Os Lusíadas -Luís Vaz de Camões
38.
A Metamorfose -Franz Kafka
39.
A Cartomante -Machado de Assis
40.
Rei Lear -William Shakespeare
41.
A Causa Secreta -Machado de Assis
42.
Poemas Traduzidos - Fernando Pessoa
43.
Muito Barulho Por Nada -William Shakespeare
44.
Júlio César -William Shakespeare
45.
Auto da Barca do Inferno -Gil Vicente
46.
Poemas de Álvaro de Campos - Fernando Pessoa
47.
Cancioneiro - Fernando Pessoa
48.
Catálogo de Autores Brasileiros com a Obra em Domínio Público -Fundação Biblioteca Nacional
49.
A Ela -Machado de Assis
50.
O Banqueiro Anarquista - Fernando Pessoa
51.
Dom Casmurro -Machado de Assis
52.
A Dama das Camélias -Alexandre Dumas Filho
53.
Poemas de Álvaro de Campos - Fernando Pessoa
54.
Adão e Eva -Machado de Assis
55.
A Moreninha -Joaquim Manuel de Macedo
56.
A Chinela Turca -Machado de Assis
57.
As Alegres Senhoras de Windsor -William Shakespeare
58.
Poemas Selecionados -Florbela Espanca
59.
As Vítimas-Algozes -Joaquim Manuel de Macedo
60.
Iracema -José de Alencar
61.
A Mão e a Luva -Machado de Assis
62.
Ricardo III -William Shakespeare
63.
O Alienista -Machado de Assis
64.
Poemas Inconjuntos - Fernando Pessoa
65.
A Volta ao Mundo em 80 Dias -Júlio Verne
66.
A Carteira -Machado de Assis
67.
Primeiro Fausto - Fernando Pessoa
68.
Senhora -José de Alencar
69.
A Escrava Isaura -Bernardo Guimarães
70.
Memórias Póstumas de Brás Cubas -Machado de Assis
71.
A Mensageira das Violetas -Florbela Espanca
72.
Sonetos -Luís Vaz de Camões
73.
Eu e Outras Poesias -Augusto dos Anjos
74.
Fausto -Johann Wolfgang von Goethe
75.
Iracema -José de Alencar
76.
Poemas de Ricardo Reis - Fernando Pessoa
77.
Os Maias - José Maria Eça de Queirós
78.
O Guarani -José de Alencar
79.
A Mulher de Preto -Machado de Assis
80.
A Desobediência Civil -Henry David Thoreau
81.
A Alma Encantadora das Ruas -João do Rio
82.
A Pianista -Machado de Assis
83.
Poemas em Inglês -Fernando Pessoa
84.
A Igreja do Diabo -Machado de Assis
85.
A Herança -Machado de Assis
86.
A chave -Machado de Assis
87.
Eu -Augusto dos Anjos
88.
As Primaveras -Casimiro de Abreu
89.
A Desejada das Gentes -Machado de Assis
90.
Poemas de Ricardo Reis - Fernando Pessoa
91.
Quincas Borba -Machado de Assis
92.
A Segunda Vida -Machado de Assis
93.
Os Sertões -Euclides da Cunha
94.
Poemas de Álvaro de Campos - Fernando Pessoa
95.
O Alienista -Machado de Assis
96.
Don Quixote.. Vol. 1 -Miguel de Cervantes Saavedra
97.
Medida Por Medida -William Shakespeare
98.
Os Dois Cavalheiros de Verona -William Shakespeare
99.
A Alma do Lázaro -José de Alencar
100.
A Vida Eterna -Machado de Assis
101.
A Causa Secreta -Machado de Assis
102.
14 de Julho na Roça -Raul Pompéia
103.
Divina Comedia -Dante Alighieri
104.
O Crime do Padre Amaro - José Maria Eça de Queirós
105.
Coriolano -William Shakespeare
106.
Astúcias de Marido -Machado de Assis
107.
Senhora -José de Alencar
108.
Auto da Barca do Inferno -Gil Vicente
109.
Noite na Taverna -Manuel Antônio Álvares de Azevedo
110.
Memórias Póstumas de Brás Cubas -Machado de Assis
111.
A 'Não-me-toques' ! -Artur Azevedo
112.
Os Maias - José Maria Eça de Queirós
113.
Obras Seletas -Rui Barbosa
114.
A Mão e a Luva -Machado de Assis
115.
Amor de Perdição -Camilo Castelo Branco
116.
Aurora sem Dia -Machado de Assis
117.
Édipo-Rei -Sófocles
118.
O Abolicionismo -Joaquim Nabuco
119.
Pai Contra Mãe -Machado de Assis
120.
O Cortiço -Aluísio de Azevedo
121.
Tito Andrônico -William Shakespeare
122.
Adão e Eva -Machado de Assis
123.
Os Sertões -Euclides da Cunha
124.
Esaú e Jacó -Machado de Assis
125.
Don Quixote -Miguel de Cervantes
126.
Camões -Joaquim Nabuco
127.
Antes que Cases -Machado de Assis
128.
A melhor das noivas -Machado de Assis
129.
Livro de Mágoas -Florbela Espanca
130.
O Cortiço -Aluísio de Azevedo
131.
A Relíquia - José Maria Eça de Queirós
132.
Helena -Machado de Assis
133.
Contos - José Maria Eça de Queirós
134.
A Sereníssima República -Machado de Assis
135.
Iliada -Homero
136.
Amor de Perdição -Camilo Castelo Branco
137.
A Brasileira de Prazins -Camilo Castelo Branco
138.
Os Lusíadas -Luís Vaz de Camões
139.
Sonetos e Outros Poemas -Manuel Maria de Barbosa du Bocage
140.
Ficções do interlúdio: para além do outro oceano de Coelho Pacheco. - Fernando Pessoa
141.
Anedota Pecuniária -Machado de Assis
142.
A Carne -Júlio Ribeiro
143.
O Primo Basílio - José Maria Eça de Queirós
144.
Don Quijote -Miguel de Cervantes
145.
A Volta ao Mundo em Oitenta Dias -Júlio Verne
146.
A Semana -Machado de Assis
147.
A viúva Sobral -Machado de Assis
148.
A Princesa de Babilônia -Voltaire
149.
O Navio Negreiro -Antônio Frederico de Castro Alves
150.
Catálogo de Publicações da Biblioteca Nacional -Fundação Biblioteca Nacional
151.
Papéis Avulsos -Machado de Assis
152.
Eterna Mágoa -Augusto dos Anjos
153.
Cartas D'Amor - José Maria Eça de Queirós
154.
O Crime do Padre Amaro - José Maria Eça de Queirós
155.
Anedota do Cabriolet -Machado de Assis
156.
Canção do Exílio -Antônio Gonçalves Dias

ALGUNS EXEMPLOS DISPONIVEIS http://www.dominiopublico.gov.br/pesquisa/PesquisaObraForm.jsp

A pedagogia é uma jabuticaba?


Matéria publicada no jornal Folha de São Paulo, de 18/08/09

A pedagogia é uma jabuticaba?

JOÃO BATISTA ARAUJO E OLIVEIRA

A escola pode mudar a vida das populações mais pobres, mas essa é ainda uma realidade de poucos países. Qual o segredo?


A ESCOLA pode mudar a trajetória de vida das populações mais pobres. Não se trata de afirmação vazia. A evidência científica demonstra isso. Mas essa é ainda uma realidade de poucos países, notadamente Coreia, Hungria e especialmente Cuba. Qual o segredo? Nenhum. A pedagogia não pode ser uma jabuticaba brasileira. Basta copiar o que fazem as boas escolas: programas de ensino claros, professores bem formados antes de entrar para o magistério, gestão escolar eficiente e uso de pedagogias adequadas.

O Brasil recebe, agora em agosto, um expert internacional para discutir com nossos especialistas a importância da pedagogia. Trata-se do professor Martin Carnoy, que, sob o patrocínio da Fundação Lemann, lança aqui o livro "A Vantagem Acadêmica de Cuba", em que compara a eficácia do ensino naquele país com a ineficácia de Chile e Brasil.

Também em agosto um ciclo de seminários trará a seis capitais do país renomados especialistas como Clermont Gauthier (Universidade de Laval, Canadá), Roger Beard (Universidade de Londres), José Morais (Universidade de Bruxelas) e Nuno Crato (Academia Portuguesa de Matemática) para debater as pedagogias eficazes. O tema volta à cena e é um convite à reflexão.

Quem faz diferença, professor ou pedagogia? A resposta: os dois. A pedagogia sozinha não faz nada. O professor sem pedagogia também não. Bom professor é o que usa as pedagogias adequadas. Resta saber quais são essas pedagogias adequadas.

Nos últimos 30 anos, os tigres asiáticos e os países desenvolvidos descobriram que a qualidade da educação é o seu trunfo na economia global. Isso tem suscitado inúmeros avanços no conhecimento sobre o que funciona em educação. Métodos de pesquisa mais rigorosos têm propiciado conhecimentos cada vez mais consistentes e seguros nesse campo.

O que não funciona é quase tudo o que se apregoa nas faculdades de educação brasileiras. Os resultados disso são conhecidos. Confundimos pedagogia tradicional com tradição pedagógica e, usando esse pretexto, praticamente abolimos as pedagogias eficazes da sala de aula.

Mas, afinal, o que funciona? Quais as pedagogias eficazes? O leitor vai se surpreender com a falta de novidades.

Primeiro, precisamos ter objetivos claros sobre o que ensinar. Antigamente isso se chamava programa de ensino. Nos países desenvolvidos ainda responde por esse nome.

Segundo, devemos ter metas ambiciosas, estabelecidas por escolas e professores. Nos países da OCDE, mais de 80% dos alunos atingem as metas mínimas ao final do ensino fundamental.

Terceiro, o ensino deve ser organizado, o professor apresenta a matéria, explica, serve de modelo, dá exemplos, interage com os alunos. Revisões e a avaliação são frequentes -normalmente é semanal, no máximo, mensal. O dever de casa é regular -de todas, essa é a pedagogia mais eficaz.

O resto são detalhes específicos de determinadas disciplinas. Alguns exemplos: o currículo em espiral, que repete um pouco de tudo a cada ano, pode ser eficaz no ensino da língua, mas é comprovadamente desastroso em matemática: é preciso saber diminuir antes de aprender a dividir, por exemplo. A contextualização excessiva em matemática, que pode servir para motivar, dificulta o processo de transferência de aprendizagem: o ensino mais eficaz é o que leva rapidamente à abstração.

A superaprendizagem é fundamental -por isso os bons alunos sabem a tabuada de cor e resolvem muitos problemas.

Em ciências, a aprendizagem sólida dos conceitos e a capacidade de relacioná-los são mais importantes do que usar ou não laboratórios ou atividades práticas.

Saber fazer perguntas é mais significativo do que conhecer a resposta correta, mas fazer boas perguntas exige capacidade de observar e a orientação sobre o que e como observar.

Na alfabetização, métodos fônicos são superiores aos demais. Na leitura, é essencial adquirir e desenvolver fluência para poder compreender o que se lê. Dominar a ortografia e a sintaxe libera o cérebro para cuidar do sentido do que se escreve. No ensino da língua, o ensino da gramática no contexto da sintaxe da frase é mais eficaz do que o ensino de regras de aplicação genérica. E por aí vai.

Nada disso, é claro, funciona sem um professor que conheça o conteúdo, tenha o domínio da turma e a capacidade de ensinar de maneira organizada. Assegurado o conhecimento do conteúdo, o professor é tão bom quanto os métodos pedagógicos que domina. Portanto, o resgate do professor passa, necessariamente, pelo resgate da tradição pedagógica.

A evidência científica em todas as áreas de ensino é francamente favorável ao modelo instrutivista em contraposição ao modelo construtivista.

JOÃO BATISTA ARAUJO E OLIVEIRA, 62, psicólogo, doutor em educação, é presidente do Instituto Alfa e Beto. Foi secretário-executivo do Ministério da Educação (1995).

domingo, 23 de agosto de 2009

quinta-feira, 20 de agosto de 2009

Estão abertas as inscrições para Conferência Estadual de Educação Básica de SP

Estão abertas as inscrições para a Conferência Estadual de Educação Básica que ocorre entre os dias 7 e 9 de dezembro em Guarulhos (SP). São 118 vagas para organizações e movimentos da sociedade civil.

A Conferência estadual é uma etapa preparatória para a Conferência Nacional de Educação Básica que será realizada em abril de 2010. Durante o evento estadual serão discutidas propostas e haverá eleição para designação de delegados, os quais terão direito a voto na Conferência Nacional.

A ficha de inscrição está disponível para download na Internet. A programação completa do evento está no link: http://nsae.acaoeducativa.org.br/images/stories/programa.doc.

Mais informações pelo telefone (11) 6823-1747 ou pelo e-mail divulga.conferencia@gmail.com.

MEC busca 63 consultores para o programa Brasil Alfabetizado



Para tentar minimizar os altos índices de analfabetismo em algumas regiões do Brasil, o Ministério da Educação (MEC) vai selecionar 63 consultores para o programa Brasil Alfabetizado.

Os consultores ficarão responsáveis por prestar assistência técnica ao programa em 1.928 municípios das regiões Norte, Nordeste e de parte do Sudeste.

Segundo o MEC, as vagas poderão ser preenchidas por profissionais com curso superior em qualquer área do conhecimento e com experiência em planejamento e gestão educacional. A duração dos contratos varia de oito a dez meses.

Os professores interessados deverão cadastrar o currículo até o dia 1º de setembro, às 12h (horário de Brasília) no endereço http://sgp.mec.gov.br, indicando o número do edital e o nome do perfil em que se candidata. Serão desconsiderados os currículos remetidos após esta data.

No ato da inscrição o candidato deverá indicar apenas uma opção de Estado que deseja trabalhar. Dúvidas referentes ao cadastro do currículo poderão ser encaminhadas para edital.eja@mec.gov.br. A seleção será dividida em três fases: análise do currículo, entrevista e capacitação. Os selecionados nas duas primeiras etapas passam para a capacitação. A capacitação terá duração de 11 dias e está prevista para o período de 16 a 27 de novembro, em Brasília.

quarta-feira, 19 de agosto de 2009

Secretário municipal de Educação de SP responde à "acusação" de desperdício de dinheiro


Karina Yamamoto Em São Paulo
O secretário municipal da Educação de São Paulo, Alexandre Schneider, publicou, em seu blog nesta quarta (19), uma resposta ao que considerou uma "acusação" de que a prefeitura desperdiça chances de obter verbas federais para a pasta.

O texto começa assim: "Hoje o dia começou com um grande equívoco". O "equívoco" a que o secretário se refere é um texto publicado na última terça-feira (18) pelo jornalista Gilberto Dimenstein, da Folha de S. Paulo. Entitulada "Serra e Kassab desperdiçam dinheiro", a coluna Pensata trazia comentários sobre a baixa participação das escolas paulistas no programa Mais Educação, do MEC (Minstério da Educação).

  • Leia ou ouça a coluna Pensata, de Gilberto Dimenstein

    Para Schneider, a baixa adesão tem um motivo simples. "O programa é ruim", disse ao UOL Educação. Schneider escreveu: "Exige uma burocracia enorme das escolas, não banca os principais custos de um programa desta natureza que é a mão de obra especializada - exigindo que seja voluntária ou que receba um valor ínfimo mensal - e ainda exige um professor 20 horas semanais dedicado exclusivamente ao programa. Desta forma, as escolas não entendem a adesão ao programa como um benefício de fato".

    Mais Educação

    Segundo Dimenstein, Estado e município deixaram escapar uma verba anual de R$ 68 mil, "dinheiro para 107 escolas estaduais e 135 municipais".

    O jornalista escreveu: "A única explicação que consigo imaginar para esse desperdício são as eleições --ou seja, a suspeita de que o ministro Fernando Haddad, paulista, seja candidato para algum cargo eletivo".

    Durante a manhã desta quarta-feira (19), Schneider já havia se manifestado em sua página no Twitter, ferramenta de microblog que permite textos de até 140 caracteres.

    Por volta das 11h, começaram os posts sobre o assunto. Em um dos textos, ele alfineta: "Um conselho ao ministro [Haddad, da Educação]: Faça como o Lula. Não misture política com administração pública. A educação deve estar acima disso".

    O programa

    Criado em 2008, o programa Mais Educação se destina a incentivar educação integral por meio de repasse de verbas às escolas. A iniciativa promove "ações sociais e educacionais em escolas e em outros espaços socioculturais". Os alunos participam de atividades no turno oposto ao das aulas regulares.

    Segundo o MEC, a meta de 2009 é atender 5 mil escolas até o fim do ano. Para participar do programa, a escola deve assinar um termo de adesão, anualmente. Até agora, em torno de 4,3 mil escolas já estão inscritas. A previsão de verba para a iniciativa em 2009 é de, aproximadamente, R$ 250 milhões.


  • BOm, NUnca concordo com o Dimenstein, mas nesse caso ele esta certissimo (só nesse, hehe)... bjks
    Ah!!!!!!! eu ja escrevi aqui, sobre o speedy que o governo Lula conseguiu para as escolas, de graça e mais rápido........................ bom, ja chegou aviso la na nossa que se aparecerem pra instalar não é pra aceitar................... Será q tb é medo? hehe
    bjks

    sábado, 15 de agosto de 2009

    Copa 2014

    CURSO 'THE BOOK IS ON THE TABLE'

    O Brasil sediará a Copa de 2014. Como muitos turistas de todo mundo estarão por aqui, é imprescindível o aprendizado de outros idiomas (em particular o inglês) para a melhor comunicação com eles.
    Pensando em auxiliar no aprendizado, foi formulada uma solução prática e rápida!!
    Chegou o sensacional e insuperável curso 'The Book is on the Table', com muitas palavras que você usará durante a Copa do Mundo de 2014.

    Veja como é fácil!

    a.)
    Is we in the tape! = É nóis na fita.
    b.)
    Tea with me that I book your face = Chá comigo que eu livro sua cara.(essa é SEN-SA-CI-O-NAL !!!!! )
    c.) I am more I = Eu sou mais eu.
    d.)
    Do you want a good-good? = Você quer um bom-bom?
    e.)
    Not even come that it doesn't have! = Nem vem que não tem!
    f.)
    She is full of nine o'clock = Ela é cheia de nove horas.
    g.) I am completely bald of knowing it. = To careca de saber.
    h.)
    Ooh! I burned my movie! = Oh! Queimei meu filme!
    i.)
    I will wash the mare. = Vou lavar a égua.
    j.)
    Go catch little coconuts! = Vai catar coquinho!
    k..) If you run, the beast catches, if you stay the beast eats! = Se correr, o bicho pega, se ficar o bicho come!
    l.) Before afternoon than never. = Antes tarde do que nunca.
    m.)
    Take out the little horse from the rain = Tire o cavalinho da chuva.
    n.)
    The cow went to the swamp. = A vaca foi pro brejo!
    o.) To give one of John the Armless = Dar uma de João-sem-Braço.

    Gostou?

    Quer ser poliglota?

    Na compra do 'The Book is on the table' você ganha inteiramente grátis o incrível

    'The Book is on the table - World version'!!!

    Outras línguas:

    CHINÊS
    a.) Cabelo sujo: chin-champu
    b.)Descalço: chin chinela
    c.) Top less: chin-chu-tian
    d.) Náufrago: chin-chu-lancha
    f.) Pobre: chen luz, chen agua e chen gaz

    JAPONÊS

    a.) Adivinhador: komosabe
    b.)
    Bicicleta: kasimoto
    c.)
    Fim: saka-bo
    d.) Fraco: yono komo
    e.) Me roubaram a moto: yonovejo m'yamaha
    f.) Meia volta: kasigiro
    g.) Se foi: non-ta
    h.) Ainda tenho sede: kiro maisagwa

    OUTRAS EM INGLÊS:
    a.) Banheira giratória: Tina Turner
    b.) Indivíduo de bom autocontrole: Auto stop
    c.) Copie bem: copyright
    d.) Talco para caminhar: walkie talkie

    RUSSO
    a.) Conjunto de árvores: boshke
    b) Inseto: moshka
    c.) Cão comendo donut's: Troski maska roska
    d.) Piloto: simecaio patatof
    e.) Prostituta: Lewinsky
    f.) Sogra: storvo

    ALEMÃO
    a.) Abrir a porta: destranken
    b.) Bombardeio: bombascaen
    c.) Chuva: gotascaen
    d.) Vaso: frask

    Otimo e abençoado final de Semana

    Continuo com a campanha: NÃO REELEJA NINGUÉM

    Veja o video e repasse - Melô do burrinho, é otimo

    video


    Aproveitando, vamos passar uma entrevista do H1N1

    sexta-feira, 14 de agosto de 2009

    Soldador formado pela Fatec-SP ganha dez salários mínimos; 92% dos alunos têm emprego


    Da Redação Em São Paulo
    Uma pesquisa divulgada nesta sexta-feira (14) pelo Centro Paula Souza, responsável pelo ensino técnico e tecnológico do Estado, mostra que o curso com as maiores remunerações nas de Tecnologia (Fatecs) de São Paulo é o de soldagem. O recém-formado na graduação chega a ganha dez salários mínimos, em média - o que equivale a R$ 4.650.

    O segundo curso com maior remuneração é o de obras hidráulicas, com média de oito salários mínimos (R$3.720). O estudo também revela que 92,8% dos formados pelas Fatecs estão empregados um ano depois de terem concluído a graduação.

    Soldagem10
    Obras hidráulicas8
    Movimento de terra e pavimentação7
    Projetos6,8
    Processamento de dados6,7
    Processos de produção6
    Mecânica de precisão5,7
    Edifícios5,6
    Automação de escritórios e secretariado5,4
    Automação de escritórios e secretariado5,4
    Produção com ênfase em plásticos

    Professor 1,7
    5,4
    CursoSalários mínimos
    O percentual é semelhante ao da pesquisa do ano anterior, quando 93,2% tinham ocupação profissional - o que mostra que a crise econômica afetou pouco os graduados na instituição.

    Dentre os tecnólogos empregados, 94,5% têm vínculo formal de trabalho. O estudo foi feito em 2008 com alunos que concluíram seus cursos em 2007. Foram pesquisados 18.588 alunos (65,2% dos 26.912 matriculados).

    A empregabilidade, segundo o estudo, aumentou 9,6 pontos percentuais do momento da conclusão do curso até um ano depois da formatura, passando de 83,2% para 92,8%.

    O nível salarial também cresceu, um ano após o término dos estudos: 17% saíram da faixa de até três salários-mínimos para receberem remunerações maiores. Na média, os concluintes ganham quatro salários-mínimos e, após um ano passam, a receber cinco salários-mínimos e meio.

    Os setores que mais empregam os formados nas Fatecs são a indústria (24,1%), seguida por informática (21%) e serviços (20,7%). Comércio (4,6%) teve uma ligeira queda em relação a 2008, quando o setor empregava 6,7% dos egressos. Por outro lado, o emprego na construção civil cresceu de 1,5% no estudo do ano passado para 4% agora.

    As grandes empresas são as que mais contratam (40%), seguidas pelas médias (19,5%) e pelo serviço público (18,9%).

    Segundo a pesquisa, 79,5% dos alunos disseram que o curso atendeu a suas expectativas; 79,6% disseram que foi fácil arrumar e manter o emprego; e 79% não sentem dificuldades no desempenho profissional.

    Senado aprova projeto que institui dedicação exclusiva para professor do ensino fundamental


    Clipping Educacional - * Com informações da Agência Senado Da Redação * Em São Paulo
    O Senado aprovou nesta terça-feira (11) um projeto que institui o regime de dedicação exclusiva para professores da educação básica. A proposta foi votada pela Comissão de Educação, Cultura e Esporte e segue para análise da Câmara.O projeto de lei tem como autores os senadores Cristovam Buarque (PDT-DF), Marisa Serrano (PSDB-MS) e Augusto Botelho (PT-RR). Segundo a proposta, os sistemas de ensino facultarão aos atuais ocupantes de cargos de docentes a opção pelo regime de dedicação exclusiva. Os docentes que se enquadrarem no regime de dedicação exclusiva, ainda de acordo com o projeto, receberão remuneração nunca inferior a 70% da recebida por professores de instituições federais de educação superior com titulação equivalente.Segundo o voto apresentado pelo relator da matéria, senador Gerson Camata (PMDB-ES), o projeto é "plenamente consentâneo com o imperativo moral de valorização, no Brasil, do magistério público, em todos os níveis".
    Audiência sobre o Fies
    A comissão aprovou ainda um requerimento de autoria do senador Pedro Simon (PMDB-RS), que solicita a realização de audiência pública para debater o "excessivo endividamento" de estudantes que optaram pelo Fies (Programa de Financiamento Estudantil). Segundo o senador, muitos estudantes não têm conseguido pagar os empréstimos contraídos devido aos altos juros cobrados pelo programa.
    Fonte: http://educacao.uol.com.br

    Resolução SE 57, de 12-8-2009


    Dispõe sobre a reorganização do calendário escolar de 2009.

    O Secretário da Educação, no uso de suas atribuições, e considerando:

    o adiamento do reinício das aulas, neste semestre, para 17 de agosto, por recomendação da Secretaria da Saúde;

    a necessidade de dar cumprimento aos mínimos anuais de carga horária e de dias letivos de efetivo trabalho escolar exigidos pela Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional.

    Resolve:

    Art. 1º - na reprogramação das atividades escolares previstas para o segundo semestre do ano em curso, as unidades escolares deverão assegurar o cumprimento dos mínimos anuais de duzentos dias letivos e oitocentas horas de efetivo trabalho escolar fixados pelo artigo 24 da Lei 9394/96

    Parágrafo único - o cumprimento dos mínimos de dias letivos e de horas de efetivo trabalho escolar de que trata o caput do artigo, visa a assegurar as condições necessárias à continuidade dos programas e das ações pedagógicas implementadas nas unidades escolares estaduais

    Art. 2º - O calendário escolar a ser reorganizado pela equipe gestora da escola, deverá explicitar o respectivo calendário de execução, e ser devidamente homologado pela Diretoria de Ensino.

    Art. 3º - A Coordenadoria de Estudos e Normas Pedagógicas, as Coordenadorias de Ensino e o Departamento de Recursos Humanos baixarão instruções complementares à presente resolução.

    Art. 4º - Esta resolução entra em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário.

    Resolução SE - 59, de 13-8-2009 - Dispõe sobre medida preventiva de afastamento temporário de servidoras gestantes

    Resolução SE - 59, de 13-8-2009
    Dispõe sobre medida preventiva de afastamento temporário de servidoras gestantes, nas escolas da rede pública estadual
    O Secretário da Educação, à vista das recomendações exaradas na Resolução SS - 123, de 11, publicada em 12/08/2009, para prevenção da influenza A (H1N1) com relação a gestantes, especificamente às que atuam em estabelecimentos de ensino, na conformidade do disposto nos itens 4 e 5 do artigo 1º da citada resolução, resolve:
    Artigo 1º - As servidoras grávidas, em exercício nas escolas da rede estadual de ensino, passarão a exercer, em caráter excepcional, atividades correlatas às atribuições dos respectivos cargos ou funções-atividade, em ambiente diverso dos correspondentes a suas áreas de atuação, no âmbito da própria unidade escolar, que apresente menor risco e exposição.
    § 1º - O exercício na conformidade do disposto no caput deste artigo será autorizado por Portaria do Diretor de Escola, com base nas disposições desta resolução, devendo a autorização ser publicada no Diário Oficial do Estado, constando o nome, RG, e o cargo/função da interessada.
    § 2º - O exercício diferenciado dar-se-á sem prejuízo de remuneração e será considerado como de efetivo exercício, para todos os fins e efeitos legais.
    § 3º - O Diretor de Escola organizará e definirá o ambiente de trabalho mais adequado, bem como as atribuições correlatas, na serem exercidas, na unidade escolar, por cada servidora grávida.
    § 4º - Quando se tratar de docente e na impossibilidade de aplicação do disposto no parágrafo anterior, poderá ser proposto, mediante anuência expressa da interessada e desde que devidamente justificado pelo Diretor de Escola, o afastamento da docente grávida junto à Diretoria de Ensino, para prestar serviços na Oficina Pedagógica.
    § 3º - O disposto neste artigo não inibe a servidora grávida de optar por se beneficiar da concessão de afastamento ou de licença a qualquer título, nos termos da legislação vigente.
    Artigo 2º - Os casos omissos serão decididos pelo Dirigente Regional de Ensino, ouvido previamente o Departamento de Recursos Humanos da Secretaria da Educação.
    Artigo 3º - O exercício, a que se refere o artigo 1º desta resolução, tanto na unidade escolar, quanto na Diretoria de Ensino, ficará automaticamente cessado quando as autoridades médicas oficiais declararem publicamente o término do período pandêmico no Estado de São Paulo.
    Artigo 4º - Esta resolução entra em vigor na data de sua publicação.
    fonte:http://www.imprensaoficial.com.br/