sábado, 29 de maio de 2010

Socorrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrro, tirem esse homem do palanque!

Gente, num to mais me aguentando com as falácias do Sr. Serra. Deve estar enlouquecido, pois nos ultimos dias tem atacado a Bolivia e seu presidente. É fato que as coisas lá não estão nada bem. Inclusive, 1/4 da escola em que trabalho já é de bolivianos, estamos quase adotando o castelhano como lingua oficial (hehe), mas o candidato deveria se preocupar em mostrar sua proposta de governo, suas verdadeiras intenções para com o Brasil e os brasileiros. Isso já é um sinal claro que ele estando na presidência teremos enormes problemas diplomáticos e com certeza o Brasil estará fora de qualquer tipo de negociação com outro país. A que ponto podemos chegar? Confesso que estou assustada, não muito devido as pesquisas e ao povo brasileiro que parece ter acordado, com exceção do povo de São Paulo que ainda pensa em votar no xuxu do Alkimin, o que será terrivel ao Estado, pois perfazerá 20 anos sob o domínio macabro e ditatorial desse partidinho hitleriano, PSDB.
Também gostaria de comentar o caso da provinha para professor temporário (obra do Serra/PSDB), que precisaram rever, para que as crianças pudessem ter alguma chance de ter professores. Onde trabalho tenho salas que ainda não tem professores de Filosofia e Sociologia. Quem mais sai prejudicado é o aluno. Outro ponto também que percebi, em relação ao concurso (falo porque conheço pessoalmente os casos) é que a aprovação, necessariamente não é sinonimo de competência para ensinar, pois pessoas sem postura (e vontade) de verdadeiramente abraçar o sacerdócio do magistério, ser professor, acabam por passar e irão assumir classem sem terem o mais importante que é o respeito pela educação, educador e aluno. É uma vergonha que pessoas sem capacidade de ensinar o possam, apenas porque colocaram um X no lugar certo. Infelizmente, excelentes profissionais, que sabem lidar muito bem com o ensino, sua prática, projetos e principalmente com o aluno, tenham ficado de fora, após 10, 15, 20 anos de trabalhos.
Não passar em concurso não é sinal de desconhecimento da disciplina, inclusive posso contar meu caso, no concurso de 2003, fiz 63 questões das 80 da prova objetiva, mas aquela empresa de fundo de quintal que a aplicou, perdeu minha dissertativa e até hoje, mesmo com o caso na justiça, não pude assumir e pelo visto acabarei assumindo ante o concurso que foi realizado 7 anos depois e que confesso, não tem o mesmo sabor. E sabem qual é a pior coisa? É que para aquele concurso, eu tinha a pouco saido da faculdade, tinha feito cursinhos, estudado muito, me preparado......... depois disso, nem o edital acabei lendo mais... pois é, isso desmotiva a gente e muito.........
BOm, otimo final de semana a todos e em breve mais novidades. Bjks

Um comentário:

Anônimo disse...

Puxa, q história hein? 63 das 80? e não assumiu? CARAMBA, mas é assim mesmo. Até mesmo na escola a competência do professor é medida pela quantidade de acertos no concurso ou mesmo na prova OFA, porém é complicado um cara que acerta 10 ou 20 em uma prova, pois acima de tudo o professor deve ter no minímo algum conhecimento, mas ñ estou aqui p/ julgar. Espero q agora dê tudo certo pra vc...rsrs Faça umas rezas bravas ai. E a respeito do Serra: estou realmente com medo q ele assuma!!! Vamos fazer campanha até na escola, para os alunos contra ele.

Claudio/ Poá
claudioapaste@yahoo.com.br